Esposa de João Dória diz que parte das pessoas em situação de rua são ‘preguiçosas’

Foto: Divulgação

A primeira-dama do estado de São Paulo, Bia Doria, afirmou no evento de encerramento da Campanha Inverno Solidário 2020 que parte das pessoas em situação de rua são “preguiçosas”.

“Geralmente é ou a bebida, ou é desamor em casa, ou é algum problema químico e as pessoas vão para a rua. E também tem os preguiçosos que a gente sabe, mas a gente não pode falar, tem que só ajudar”, afirmou.

O secretário do Meio Ambiente, Marcos Penido e o diretor-presidente da Sabesb, Benedito Braga também participaram do evento. 

Bia, que preside o Fundo Social de São Paulo, comemorou na reunião a melhora na qualidade dos cobertores que foram distribuídos para a população de rua.

“Me incomodava muito aquele coberto feio, aquele cobertor áspero, aquelas roupas usadas, aquelas roupas sujas. E ano passado, eu não tive coragem de fazer essa mudança drástica […] Mas este ano a pandemia ajudou a criar coragem e vocês não fazem ideia da diferença que é entregar uma peça gostosa, uma peça que aconchega.”

Deixe uma resposta