Esposa de Chespirito, Florinda Meza, a dona Florinda, se posiciona contra Chaves fora do ar e critica filho do ator

Bolanos e Florinda com Ratinho e a esposa, Solange, em 2011/ Foto: Reprodução

Através do Twitter, a atriz Florinda Meza se posicionou contra a saída de Chaves do ar em diversos países por um problema contratual envolvendo a Televisa, detentora dos direitos de transmissão e o filho de Roberto Bolaños, donos dos roteiros do programa. No Brasil, Multishow e SBT – que transmite a atração a 36 anos, deixaram de exibi-la nesta semana.

“O que eu acho que o programa Chespirito para de ser transmitido? Embora eu não tenha nada a ver com isso porque inexplicavelmente não fui convocado para as negociações, acho que agora, quando o mundo precisar de mais diversão, isso será um ataque às pessoas”, criticou Florinda.

Bolaños era casado com Florinda Meza, que fazia a mãe do Kiko no seriado Chaves / Foto: Reprodução

“Além disso, isso vai contra seus próprios interesses comerciais, porque neste momento queremos ver tudo o que nos lembra um mundo melhor. Chespirito já é um programa de culto. Faz parte do DNA dos latinos, nós o carregamos na memória genética”, completou a atriz.

O concurso de Miss Universo pela televisão / Foto: Divulgação – Televisa

A exibição dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito estaria garantida até 31/07/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado. No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias, chegou a apenas poucos dias do fim do contrato.

Florinda continuou criticando o filho de Bolaños na rede social. “É triste ver como em sua própria casa, que você deu milhões de dólares, é onde você é menos valorizado. Eu nunca pensei que isso iria acontecer comigo, mas pela primeira vez eu encontrei um motivo para dizer o quão bom meu Rober (forma a qual ela se referia a Chespirito) não é neste mundo! Esse ato incompreensível chuta sua memória e o que ele mais respeitava: o público”, continuou.

Reprodução/Twitter

“Talvez alguns executivos sem visão queiram apagá-lo, mas no coração e na memória dos mocinhos que sempre o seguiram, ele estará mais vivo do que nunca”, finalizou Florinda ao compartilhar o túmulo de Bolaños com os dizeres, escritos pelo próprio Chespirito “…a la vida, por lo tanto, le tengo que agradecer por mi doble quehacer, escritor y comediante, es la risa mi constante y fascinante placer”. Traduzido para o português, a frase significa: “por isso tenho que agradecer a vida pela minha dupla tarefa, escritor e comediante, rir é o meu prazer constante e fascinante”.

O SBT, por meio da assessoria de imprensa, também lamentou a decisão, e afirmou que “principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora. A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente”.

Recentemente, o Multishow, que estava transmitindo a série, também deixou de exibi-la pelo mesmo problema contratual. Ou seja, até que Televisa e os filhos de Bolaños se resolvam, Chaves não será mais exibido.

Deixe uma resposta