Especialista em saúde da Anvisa fala sobre demora em aprovação de vacinas: “Eles querem certezas”

Vivien Munaro diz que não há o que temer as vacinas, mas que todo medicamento pode causar efeito colateral

Todos estão ansiosos para o início da vacinação. E com razão, já que cerca de mil vidas são perdidas diariamente por causa da COVID-19. Especialista em saúde da Anvisa, Vivien Munaro falou sobre a demora na liberação das vacinas contra o novo coronavírus pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

“A Anvisa é muito exigente, só vai liberar quando tiver segurança. Para se registrar um medicamento, são quase dois anos e querem uma vacina de algo desconhecido em 3 meses . Eles querem certezas”, disse a especialista, que ainda não sabe as vacinas de quais laboratórios serão liberadas: “Difícil dizer . Estão verificando de forma técnica”.

Vivien diz que não há por que se preocupar com as vacinas que serão ofertadas à população. Efeitos colaterais são brandos e não tão comuns.

“Qualquer medicamento pode causar efeitos colaterais, como alergias. As que alteram o RNA podem ser um pouco mais complicado”, afirmou.

A especialista diz que apenas as vacinas que mexem com RNA podem oferecer riscos no longo prazo.

“As vacinas que mexem com RNA, que essa mexe com o código genético dando efeitos futuros”.

Deixe uma resposta