Entrevista com Fhelipe Gomes, o Téo de Cúmplices de Um Resgate

Um jovem ator, com grande responsabilidade. Fhelipe Gomes irá viver Téo, personagem que tem deficiência visual em Cúmplices de Um Resgate. Depois da coletiva de imprensa, que aconteceu nesta quarta-feira (22), nós conversamos com ele sobre suas expectativas no papel.

Téo Cavichioli - Foto: /Reprodução SBT
Téo Cavichioli e o cachorro Manteiguinha / Foto: Reprodução – SBT

Você faz o personagem Téo, que tem deficiência Visual. Qual foi dificuldade que você encontrou para fazer este papel?

Na verdade, fiz um laboratório com uma garota cega, chamada Thalia, desde os dois anos de idade. Comecei a conversar com ela, e fui aprendendo dicas. Aqui no SBT tem workshop, onde eu faço exercícios como cego e isso me ajudou bastante. Hoje estou interpretando e está sendo bem fácil.

E sobre cantar? Vai ser difícil?

Tem aulas de canto, inclusive eu já gravei uma música, mas será apresentada mais pra frente quando a Manuela desaparece, e é como uma escola para mim.

Téo Cavichioli - Foto: /Reprodução -SBT
Téo Cavichioli – Foto: /Reprodução -SBT

Vocês (o elenco) já estão bem entrosados ou tem alguém que ainda não desenvolveu afinidade?

Desde o começo nós se conhecemos e nunca nos separamos, mas tem diferença entre os núcleos do Vilarejo e o da Cidade. Eu sou do Vilarejo, então tem alguns atores da cidade que eu ainda não conheço muito.

Você chegou a assistir algum capitulo da novela original? O Personagem se chamava Ramon, e agora será Téo. Você se baseou no Ramon, ou está construindo o Téo?

Eu estou criando o Téo. Ainda não tive oportunidade de ver e também não sei vou querer, pois estou fazendo o meu personagem, que tive ajuda pra criar e me baseei na Thalia.

Entrevista exclusiva com a atriz Mira Haar, que fará a Dona Nina, avó das gêmeas.

Entrevista com a atriz Maria Pinna, que interpreta a vilã da trama.

Entrevista exclusiva com Giovanna Chaves, a Priscila de Cúmplices de Um Resgate

A novela estreia no dia 03 de Agosto, às 20h30, no SBT.

Entrevista: Guilherme Alves

Deixe uma resposta