Enem é adiado para janeiro e fevereiro de 2021

(Foto: Reprodução Internet)

O MEC (Ministério da Educação) anunciou nesta quarta-feira (8) as datas do Enem 2020. As provas em papel vão ocorrer nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, as digitais, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Os resultados serão divulgados no dia 29 de março. O governo também agendou para 24 e 25 de fevereiro do próximo ano as datas de reaplicação das provas.

A medida é comum para atender candidatos que por ventura sejam prejudicados por problemas na aplicação, como a queda de energia no local de prova.

O Enem ocorreria inicialmente em novembro deste ano. O ex-ministro Abraham Weintraub era contra o adiamento e só mudou de ideia com iminente derrota sobre o tema no Congresso.

O Senado chegou a aprovar texto exigindo a mudança de data por causa dos reflexos da pandemia de coronavírus.

Weintraub, então, insistiu na realização de uma consulta com os inscritos, e afirmou que o resultado seria respeitado pelo governo. A maioria votou pela realização da prova em maio, mas, agora já sem ministro, o MEC ignorou essa posição.

“Precisávamos tomar uma decisão para estabilizar as expectativas na sociedade e entendemos, junto com secretários, que o mês de janeiro seria o melhor”, disse o secretário-executivo do MEC, Antonio Vogel, em entrevista coletiva transmitida pela internet nesta quarta-feira (8).

“Como nós colocamos desde o início, fizemos uma enquete [com estudantes] e ela não seria o único parâmetro para a definição das datas”, disse o presidente do Inep, Alexandre Lopes.

Deixe uma resposta