Empresa de Ronaldo rompe com o UFC

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em comunicado oficial, a empresa de marketing esportivo de Ronaldo, a 9ine Sports & Entertainment, está deixando o UFC, seus eventos ou lutadores de MMA. Consequentemente, Ronaldo deixa de empresariar lutadores como Vitor Belfort, Anderson Silva e Júnior Cigano.

O ex-jogador não concorda com o novo modelo adotado pela organização esportiva na captação de patrocínio. Ronaldo acha que este novo modelo prejudica os direitos de todos os atletas da organização, além das empresas que apoiaram e apostaram no UFC por longos anos.

A empresa do craque foi uma das pioneiras a ativar parcerias com o UFC no país, apostando em projetos propostos pela marca em marketing, TV e novos negócios.

Ronaldo diz no comunicado que “não tolera ver uma organização alterar suas regras de captação de patrocínio e remuneração dos lutadores, de maneira arbitrária, sem tomar uma posição.”

O UFC mudou recentemente as regras de seus acordos e parcerias e diminuiu os repasses para os atleta.

Deixe uma resposta