Em jogo tenso e com Neymar denunciando racismo, PSG é derrotado para Olympique de Marselha

Foto: Julien de Rosa/EFE

No jogo com recorde de cartões da Ligue 1 no século, o Olympique de Marselha venceu o PSG por 1 a 0 com gol de Thauvin. Foram 17 cartões distribuídos, entre eles cinco vermelhos. Neymar foi um dos expulsos e deixou o campo furioso e denunciou o zagueiro Álvaro González de racismo na saída.

A tensão do clássico teve como protagonistas Neymar e o zagueiro espanhol Álvaro González. Ainda no primeiro tempo, aos 37 minutos, o brasileiro foi até o quarto árbitro e acusou o rival de racismo repetindo “Racismo no!”, em espanhol. A arbitragem nada fez.

No fim da partida, ambos voltaram a discutir, e o brasileiro voltou a chamar Álvaro de racista. Após confusão depois de uma falta, o camisa 10 deu um tapa na cabeça do rival e foi expulso. Neymar deixou o campo indignado e falando às câmeras que o espanhol foi racista.

O PSG começa um Francês com duas derrotas pela primeira vez desde 1978. O Olympique conquistou sua segunda vitória, a primeira em cima do rival desde 2011. O time de Marselha está na quinta posição, com seis pontos. Na próxima rodada, o Paris visita o Nice, no domingo e o Olympique recebe o Lille.

Deixe uma resposta