Em casa, Rio de Janeiro derrota Minas e vai à final da Superliga feminina

(Foto: Marcello Dias/CBV)

Dizem que a postura mudou, que Bernardinho já não se mostra tão explosivo quanto antes. À beira da quadra, porém, grita, xinga e gesticula de um jeito nervoso, como de costume. Pudera. Na noite desta sexta-feira, a vitória era essencial para voltar a fazer história.

Depois de uma série semifinal nervosa, o Rio e Minas tinham de escrever o último capítulo rumo à final da Superliga. E o time da casa se impôs em uma Arena da Barra lotada.

Venceu por 3 sets a 1, parciais 25/15, 26/24, 21/25 e 25/20, fechou o confronto em 3 a 2 e confirmou seu talento para chegar a decisões.

Em 20 anos de história, sob o comando do técnico mais vitorioso do país, vai para sua 13ª final seguida em busca do 12º título nacional. 

Deixe uma resposta