Em briga pelo feminismo, atriz expõe professora da filha pequena

Foto: Divulgação

A atriz Mel Lisboa postou um print no Instagram onde critica a professora de sua filha, Clarice, de 7 anos, por ter se referido somente às mães das crianças e não incluir os pais em um grupo do Whatsapp.

“Bom dia, mamães! Por gentileza, peçam as meninas que já deixem os cards na página 189 destacados antes da aula”, escreveu a educadora.

“Por que só as mamães? Papais também não podem ajudar?”, rebateu Mel.

“Claro que podem! É que neste grupo, na maioria das vezes, quem fala comigo são as mamães, por isso escrevi assim nas últimas vezes”, respondeu a profissional.

“Mas o pai da Clarisse está no grupo, portanto seria interessante que você não se restringisse a se comunicar apenas com as mães, como se essas tarefas fossem uma obrigação apenas nossa. Acho que nós, como mulheres, deveríamos não continuar reproduzindo machismos que tanto afetam a sociedade como um todo. Só isso”, rebateu a atriz.

Após a repercussão que sua atitude causou, Lisboa apagou a publicação e pediu desculpas para a profissional.

“Exclui o post polêmico. Entendi que deveria ter me dirigido a ela no privado. Concordo. Pedi desculpas, tanto no grupo, quanto no privado. Vivendo e aprendendo”, escreveu ela no Stories.

Deixe uma resposta