Eduardo Baptista pede tempo para trabalhar no Palmeiras

Foto: Divulgação

O técnico Eduardo Baptista fez elogios ao estreante Guerra e pediu para a torcida ter calma com seu trabalho à frente do Palmeiras após derrota por 1 a 0 para o Ituano, neste domingo, no estádio Novelli Júnior.

“O Guerra traduziu no jogo o que faz nos treinos. Tem uma boa movimentação, passes rápidos, penetração e criou boas situações. Depois cansou um pouco, o que é normal. Mas nos ajudou, eu o coloquei vindo de trás, como um volante. É um jogador que vai nos ajudar muito. Não está na forma ideal, mas para primeiro jogo foi muito bom”, analisou.

O treinador procurou angariar o apoio da torcida após a primeira derrota do ano. Nos minutos finais do jogo, um grupo de torcedores pediu a volta do técnico Cuca ao Palmeiras.

“É um time que está começando, fisicamente estamos entrando em um ritmo bom. O Guerra fez uma boa estreia, temos o Moisés para entrar. Infelizmente perdemos o Tchê Tchê e estamos tentando nos ajustar”, afirmou o técnico.

“Temos que trabalhar o nosso conjunto e o equilíbrio. Achei que fisicamente a equipe foi bem melhor. Brigou, lutou e buscou o resultado. Todo mundo correu, se dedicou, o ganho físico é importante. Já, já tem peças que vão entrar, o Guerra ganhará mais força. Vamos buscar o equilíbrio ofensivo e defensivo”, concluiu.

Deixe uma resposta