Edilson Capetinha é preso em Salvador

dsc_0413
(Foto: Davi Pereira/Champions Comunicação)

Com passagens por Corinthians, Palmeiras, Flamengo, Bahia, Vitória e Seleção Brasileira o ex-atacante Edilson foi preso nesta quarta feira em Salvador. Ele tinha um mandado de prisão expedido pela 9ª Vara Familiar desde dezembro do ano passado pelo não pagamento de pensão alimentícia.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Neide Barreto, da Polinter, Edilson estava sob investigação desde o fim do ano passado, mas os policiais não conseguiram encontrar o ex-jogador antes desta manhã.

– Desde dezembro, vínhamos fazendo diligências para capturar o Edilson, mas o endereço que estava no mandado não foi localizado. Tudo foi investigado. Ele estava sendo monitorado, estávamos seguindo ele e esperando o melhor momento de pegá-lo. Não sei se estava fugindo. O crime do qual ele é acusado não cabe fiança. Mas a prisão pode ser sobrestada [interrompida] por ordem judicial – disse a delegada.

De início, Edilson deve ficar preso por 60 dias, prazo que pode ser prorrogado, segundo a delegada Neide Barreto. Pela lei, quem não paga a pensão alimentícia é comunicado pela Justiça e tem um prazo de três dias para se justificar e fazer o pagamento. Se não fizer isso, é detido e só é liberado depois de quitar toda a dívida.

Deixe uma resposta