Diniz fica satisfeito com desempenho do São Paulo no 2ºT diante do Santos e elogia Daniel Alves

Foto: Reprodução

O técnico Fernando Diniz ficou satisfeito com o desempenho do São Paulo no segundo tempo diante do Santos na Vila Belmiro na tarde deste sábado em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terminou empatada em 1×1.

– Eu não sei quantas chances o Santos criou. O Santos teve o lance do pênalti, que era totalmente evitável. A outra chance foi o recuo que o Volpi saiu, e acho que teve outra. Não vi tantas chances no primeiro tempo. A gente não conseguia concluir, mas estava fazendo o jogo que a gente se propôs a fazer, marcando alto, ganhando quase todas as segundas bolas. Faltou definir? Concordo. Ficou amarrado. Isso foi corrigido com a entrada do Liziero, o recuo do Tchê Tchê e ser mais agressivo, atacar mais a última linha do Santos. Tivemos uma melhora expressiva no segundo tempo – afirmou Diniz.

Diniz também elogiou Daniel Alves após o clássico.

– Quando falamos dele, falamos de um jogador de nível muito alto. O Daniel tem uma liderança extremamente positiva, treina todos os dias, chega no horário, vai embora depois dos outros, faz a recuperação, cuida da alimentação. É um exemplo. O São Paulo fez uma grande contratação. Ele emana coisas positivas. Não trouxemos um driblador ou fazedor de gols. A cobrança em cima dele pelos títulos que ganhou é muito descontextualizada. Ele veio para somar e ajudar o São Paulo, e tem ajudado muito. Ele ajuda na liderança em campo, na marcação, na orientação. Ele faz parte da solução.

Deixe uma resposta