Dilma se inspira na presidente argentina

Dilmistas se surpreenderam com a revista Veja / Foto: Divulgação
Dilmistas se surpreenderam com a revista Veja / Foto: Divulgação

Quando o escândalo do petrolão foi mostrado a público Dilma declarou que ela que mandou investigar.
Agora na Argentina a Cristina Kirchner declarou que o promotor pode não ter cometido suicídio e sim ter sido morto, mas declara que foi alguém da inteligência do governo que deu pistas falsas ao promotor.

Tanto Dilma quanto Cristina não tem jeito mesmo e devem ser afastadas da política a bem da população e do país.

Tanto faz se o jeito é a cassação por impeachment ou se é intervenção militar.

Ou o Congresso cassa Dilma e tenta se preservar de um escândalo maior ou as Forças Armadas têm que intervir, sim, de maneira insofismável.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta