Dilma não será cassada!

(Foto: Ichiro Guerra / VEJA)
(Foto: Ichiro Guerra / VEJA)

A vergonha está instalada na República.

Dilma quebra todo Brasil e nada se faz contra ela.

Em excelente entrevista neste domingo no Estado, entrevista de Delfim Neto pra jornalista Eliane Cantanhêde, Delfim Neto declara que Dilma é atrapalhada mas é honesta e só deve ser cassada se aparecer algo ilícito contra ela.

De outro lado, quando Eduardo Cunha recebeu pedido de impeachment de Hélio Bicudo e Reali Jr, declarou que analisaria o pedido quando estivesse confortável com ele.

Muitos acreditaram que Eduardo estava com medo.

E não deixa de estar mesmo porque ele sabe que hoje não existe número de votos no Congresso pra cassar Dilma.

A atitude do Congresso em manter uma presidente que está acabando com o Brasil, apenas por um detalhe de não ter aparecido algo ilícito contra Dilma, chega a ser de uma irresponsabilidade histórica e inaceitável.

Ela acabou com o Brasil, não tem nada pior que isto.

Nenhum ilícito pode ser mais importante.

E nesta de esperar um ilícito comprovado o Brasil fica nas mãos de alguém que acaba com tudo e o Congresso fica olhando num ato covarde.

Este nem é somente o pior Congresso da história.

É o pior e mais cúmplice Congresso do desmanche do mercado brasileiro feito por uma verdadeira comunista que se declara democrata.

O povo que se dane.

O mercado de trabalho que se dane.

Os congressistas estão com a grana deles garantida, e sabe-se mais quantas fortunas vão ser reveladas em denúncias futuras no STF.

Mas tanto a presidente Dilma quanto os congressistas sabem muito bem que o povo brasileiro, principalmente a classe média é omissa, pra não usar a palavra covarde, pois acredita nos congressistas mas não tem coragem de invadir o Palácio.

Se um dia a classe média agisse igual ao MST, as coisas seriam diferentes.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta