Dilma e a real situação de governo

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Aos que tiveram oportunidade de estarem ao lado de Dilma neste semana viram uma Dilma assustada com tudo que está acontecendo.

Ela está encostada na parede por números assustadores.

Ela está na verdade tentando achar as saídas da crise brasileira.

Afinal os 16% de queda nas vendas de automóveis e 44% de recuo de vendas de imóveis novos tendem a prever mercado bem mais difícil em 2015 do que os pessimistas imaginavam.

Então vamos aos fatos.

Dilma parece ter percebido que sem a força do capitalismo o mercado fica sem capital e tudo que ela pensaria em fazer não vai fazer.

O que a assusta mais é de onde pegar dinheiro pras áreas sociais tendo uma arrecadação de impostos abaixo do necessário para o que ela deseja.

Então ela precisa loucamente do apoio capitalista e empresarial.

Ela já percebeu que se desgastar o patrimônio da Caixa Econômica a título de obras sociais, mais cedo do que ela imagina vai faltar esta origem de fundos também pra pagar contas sociais tipo Bolsa Família e outras coisas mais que possa aparecer.

E Dilma sabe que sem capital o social deixa de existir.

Dilma também já constatou que sem mensalão de Marcos Valério e sem mensalão de Petrolão sua base aliada vai ficar alienada.

E sem base aliada fica difícil trabalhar.

Se ao invés de Petrolão os políticos receberem ministérios de porteira fechada, ou seja, podendo nomear tudo e contratar tudo sozinhos, seu petistas vão ficar sem cargos e benesses.

Hoje os aliados de Dilma. são muito maior em número que os petistas no Congresso e isto assusta Dilma.

Dilma vai ter que aprender a fazer política sem dinheiro porque com dinheiro até meu vizinho faz.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta