Dilma fala bobagens na imprensa

Presidenta Dilma / Foto: Divulgação
Presidenta Dilma / Foto: Divulgação

Eu fico espantado e me pergunto se a presidente Dilma realmente acredita no que ela fala.

As declarações dela de que investigar os escândalos da Petrobras é uma atitude contra o Estado me fazem acreditar que ela jamais esteve preparada pra ser presidente.

Desde o tempo que Dilma participava ativamente da guerrilha cubana contra o Regime Militar, guerrilha que assaltava bancos e matou muita gente, até os tempos atuais, Dilma se perdeu em algum lugar e a cada dia que precisa responder alguma coisa sobre o que quer que seja ela apenas fala coisas tão absurdas que podemos comparar a Chávez ou Maduro e sequer tem nível de entendimento de um Castro.

Quando os guerrilheiros do grupo de Dilma assaltavam bancos usando o atrevido nome de expropriação de banco, diziam que era dinheiro pra financiar uma causa justa.

Vou lembrar os assaltos no Rio de Janeiro, um ao Banco Andrade Arnaud e outro a um cofre numa residência particular.

Este dinheiro foi guardado por alguns jovens pra administrar o dinheiro pra pagar as contas da guerrilha.

E sabe-se que dois destes jovens fugiram com o dinheiro pra uso em vidas de luxo.

Agora vemos gente indicada pelo partido da presidente sendo denunciada por desvios de dinheiro da Petrobras.

E a cada dia que as reportagens mostram tudo isto, chegando a bilhões de dólares, as mesmas reportagens mostram que parte do dinheiro era dado pra bancar aliados que garantem o governo da presidente.

Será que a gente deve dizer que houve uma expropriação da Petrobras com nobres propósitos de governar e enfrentar a oposição mediana de agora?

No caso antigo do mensalão o valor em questão foi de 70 milhões.

O caso atual do doleiro preso e da sua contadora que contou pra revista Veja detalhes de todo dinheiro desviado a políticos passa de 10 bilhões.

Se existisse uma oposição à altura do Brasil este governo nem teria mais a presidente.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta