“Deus me defenda”, diz Tirulipa sobre entrar para política no Programa Raul Gil

Foto: Reprodução

No Programa Raul Gil deste sábado, 11 de fevereiro, Raul apresenta o “Youtubers Querem Saber”. No quadro, youtubers famosos são convidados e vêm ao palco para entrevistar uma celebridade. Neste programa, participam os youtubers Flavia Pavanelli, Julia Cocielo, Igão Underground, Jacaré Banguela, Baixa Memória e Thalita Ferraz. O artista convidado é o comediante Tirulipa, que fala sobre o início de sua carreira, a relação com o pai Tiririca, seus shows pelo Brasil e momentos marcantes de sua trajetória.

Confira as melhores frases de Tirulipa:

· Deus me defenda. Já me fizeram proposta adoidado e eu disse “na na ni na não”. (sobre entrar para a política)

· Meu pai não está fazendo (show). Devido à política, já tem seis anos. Mas estou doido para que ele faça. É que ele está levando a sério mesmo o negócio lá. Ele fala: “Meu filho, eu tenho que me concentrar. Eu tenho que ficar tranquilo, eu não posso fazer show agora.”

· Tinha o desejo de fazer cinema e esse ano recebi um convite. Queremos trazer aquele humor que os trapalhões deixaram. Não que a gente vá imitar, mas a gente vai lembrar. Tom Cavalcante, Danilo Gentili, eu e Whindersson Nunes.

· Você já nasce feio, se não se cuidar aí fica feio mesmo. (Sobre ser metrossexual)

· Eu comecei fazendo o Tiririquinha, mas chegou um ponto em que eu tinha que ser eu. Como eu ia viver a vida toda imitando meu pai? Comecei a atirar para todo lado e entrei numa banda onde fiquei três anos e quase morri de fome. Não tinha quem contratasse a gente.

· Meu pai graças a Deus me ensinou o seguinte: “Se você quer, corra atrás. Eu dou o trabalho, mas se você quer de bandeja vai “pra baixa da égua””. E eu também nunca quis ficar dependendo dele.

· Somos em seis (irmãos). A maioria gosta da “fuleragem” (humor).

· Nós do nordeste brincamos com a gente mesmo. O nordestino está na desgraça e faz graça da desgraça.

· Não tem o que explicar. O moleque é um fenômeno. Dentro de um quarto com uma câmera, um quarto velho e feio, as coisas sem qualidade nenhuma, ele feio, todo coisado. Agora ele tá mais ou menos, melhorou. Mas aquilo era muito feio. (sobre Whindersson Nunes)

· Meu maior espelho é meu pai. Ele é 80% do que eu faço.

· Todo humorista é ator, mas nem todo ator é humorista.

Deixe uma resposta