Deputada do RJ registra boletim de ocorrência após ameaça de morte

Foto: Divulgação

A deputada estadual do Rio de Janeiro, Renata Souza (PSOL) registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) após receber ameaças de morte pelas redes sociais na última semana. A parlamentar informou a presidência da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que encaminhou um ofício à Secretaria de Polícia Civil.

— São ameaças que atentam contra a minha vida, e isso é muito grave, afinal de contas eu sou presidente da Comissão de Direitos Humanos, que trabalha com vários temas graves de violações. Não podemos subestimar qualquer tipo de ameaça. Essa é uma ameaça que, inclusive, cita a Marielle. A gente já perdeu uma parlamentar importante no Rio e precisa que as autoridades possam investigar e que tragam uma resposta contundente em relação a esses criminosos — disse a parlamentar, direto da DRCI.

Para Renata, o objetivo da ameaça é calar sua voz na Assembleia Legislativa.

— O teor é, basicamente, tentando me silenciar. Falam que já aconteceu com a Marielle e vai acontecer com outra pessoa. O teor traz um questão de “falar demais”. Uma parlamentar que foi eleita para falar, parlar é igual a parlamento, da fala. Estou sendo ameaçada e cerceada. Minha atribuição enquanto legisladora está sendo ameaçada. Isso é uma ameaça à democracia — afirmou.

Renata Souza foi à candidata do PSOL na disputa para à prefeitura do Rio de Janeiro nas eleições 2020 e ficou apenas na sexta colocação com 3.24% dos votos válidos.

Deixe uma resposta