Deputada comunista quer fechar SBT e punir Rachel Sheherazade

Divulgação: SBT
Divulgação: SBT

A deputada Jandira Feghali, do Partido Comunista do Brasil, pediu à Procuradoria Geral da República que processe a jornalista Rachel Sheherazade e caso se comprove culpa que se casse a concessão do SBT pelas coisas que Rachel disse.

Ela candidata à eleição de alguma coisa e precisa de mídia.

Nada melhor do que bradar contra o SBT dizendo que defende os direitos humanos.

O SBT é uma das duas melhores emissoras pra se trabalhar.

Em termos de ambiente de trabalho não tenho dúvidas que é melhor que a TV Globo e isto é muito importante no mercado de trabalho.

Acusar o SBT de divulgação de apologia ao crime é algo tão insólito que só pode passar na cabecinha de uma senhora que precisa aparecer na eleição de qualquer jeito.

Mais estranho ainda é um partido comunista numa democracia porque o comunismo é um sistema totalitário que nada tem a ver com a democracia.

Temos certeza que a Procuradoria terá isenção pra julgar o caso e entender o que realmente aconteceu.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta