Decotelli deixa governo Bolsonaro

Anunciado como novo ministro da Educação na última quinta-feira, 25,  Carlos Decotelli entregou sua carta de demissão ao presidente Bolsonaro, que acatou o pedido.

Após a nomeação, foram encontradas incoerências no currículo de Decotelli. Por exemplo, a Universidade de Wuppertal, na Alemanha, negou que o agora ex-ministro tenha feito pós-doutorado na instituição, como informado em currículo.

Antes, a Universidade Nacional de Rosário também rechaçou o título de doutor conquistado por Decotelli na instituição. Ele estudou no local, mas não defendeu tese.

 

Deixe uma resposta