Datena chama Bolsonaro de “bundão”

Foto: Divulgação

Datena rebateu o xingamento realizado pelo Bolsonaro à imprensa. “Bundão é o Jair”, disse o apresentador do Brasil Urgente nesta segunda-feira (24).

O jornalista disse que essa atitude “abre um caminho de duas mãos, pois ele não pode ofender qualquer cidadão brasileiro”.

Datena comentava a fala de Bolsonaro, realizada nesta manhã no evento Brasil Vencendo a Covid. O presidente disse que “jornalista bundão tem chance menor de sobreviver à pandemia.

“Quando pega em um bundão de vocês, engloba todos nós. Você [Messina] é um bundão, eu seria um bundão, nós seriamos todos bundões”, disse.

“Eu não sei se é crime ou não o que o presidente da República fez. Mas aí, com essa afirmação, ele abre uma rua de duas mãos. Do mesmo jeito que o senhor presidente da República, pelo cargo que eu respeito, e respeito até o Bolsonaro porque gosto dele, ele abre um caminho de duas mãos, pois não pode ofender qualquer cidadão brasileiro”, seguiu o jornalista.

“Eu, por exemplo, sou do jornalismo e não sou bundão, senhor presidente Bolsonaro. Eu não sou bundão. Agora, o senhor me dá o direito de chamar o Jair de bundão. Então, bundão é o Jair, bundão é o senhor, não o presidente da República, porque esse eu respeito. Mas, a partir do momento em que você chama a minha classe toda de bundão, eu também posso chamar o senhor de bundão”, respondeu Datena.

“Como todos nós somos bundões? Teve muita gente que perdeu a vida, que deu a sua vida, inclusive no Regime Militar [1964-1985], fazendo matérias. A imprensa brasileira foi fundamental na mudança deste país em várias oportunidades”, relembrou Datena.

Deixe uma resposta