Cuca admite preocupação com Libertadores para escalar reservas contra Flamengo

Foto: Ivan Storti/Santos F.C

O técnico Cuca assumiu a responsabilidade da derrota do Santos por 4 a 1 para o Flamengo, no domingo, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã.

O treinador admitiu que poupou o time titular pensando no confronto contra o Grêmio, na próxima quarta-feira, pela Libertadores, que vale uma vaga na semifinal, mas elogiou “personalidade” dos garotos para equilibrar o jogo e não sofrer uma goleada maior.

– Responsabilidade desse jogo é do treinador, que põe time em campo. Não me arrependo e faria de novo independentemente do placar. Preciso da melhor condição possível na quarta. Tivemos viagem, jogo desgastante hoje contra equipe que só está envolvida no Campeonato Brasileiro… Desgaste seria maior na quarta. Não tenho certeza de ganhar quarta, mas tenho certeza de desgaste menor. Temos que saber administrar essa derrota – disse Cuca.

– Primeiro tempo foi quase igual, eles criaram e a gente também. Sofremos gol no fim. No segundo tempo sofremos dois gols em dois minutos. Se é uma equipe sem personalidade e poder de reação, toma seis ou sete. Nós equilibramos novamente, não sei se serve de consolo, mas o gol mais bonito do jogo foi nosso. Gol trabalhado. Eles tiveram dois de pênalti, outro em rebatida e um de cabeça – concluiu.

O Santos volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h15, quando enfrenta o Grêmio, na Vila Belmiro, pela partida de volta das quartas de final da Libertadores. O Peixe empatou o primeiro confronto, fora de casa, por 1 a 1.

Deixe uma resposta