Cruzeiro consegue recursos financeiros para pagar dívida com clube ucraniano

(Foto: Alexandre Guzanshe/EM D.A Press)

O Cruzeiro conseguiu a garantia de ter os recursos financeiros necessários para pagar à vista os pouco mais de R$ 11 milhões ao Zorya, da Ucrânia, pela compra do atacante Wiliam em 2014, em ordem de pagamento da Fifa que vence nesta sexta-feira.

Com isso, o pagamento vai impedir a perda de mais seis pontos no Campeonato Brasileiro Série B. 

O presidente Sérgio Santos Rodrigues assume o Cruzeiro oficialmente somente em 1º de junho, mas já vem trabalhando ativamente.

A dívida de Willian era o primeiro grande desafio da sua gestão. Se não pagar o clube ucraniano, a Raposa pode perder mais seis pontos na Série B. A mesma pontuação foi retirada do clube por não pagar a dívida pelo empréstimo do volante Denílson, em 2016. O clube deixou de pagar R$ 5 milhões, aproximadamente, ao Al-Wahda, dos Emirados Árabes.

Deixe uma resposta