Cozinha Sob Pressão mostra humilhação e um tipo de profissional que não cabe nos dias atuais

(Crédito: Lourival Ribeiro/SBT)
(Crédito: Lourival Ribeiro/SBT)

O SBT está investindo em um novo reality para sua programação. Nos mesmos moldes do “Masterchef”, o “Cozinha Sob Pressão” estreia com a pressão de alavancar os sábados da emissora, carentes de audiência e muito aquém dos índices alcançados pela Record. O comando da atração é de Carlos Bertolazzi.

O chef, inclusive já mostrou que não é de muitos amigos no primeiro episódio da atração, exibido neste sábado. É fácil de imaginar que a cozinha de um restaurante é um ambiente pesado, cheio de pressão e dificuldades. Contudo, por outro lado, Bertolazzi não pode ser um humano de tamanha crueldade. Não cabe atualmente um patrão que não elogia, só critica, só joga o funcionário pra baixo, chama seu serviço de lixo e afins. Uma coisa é ser exigente, outra é ser grosseiro. Não tem graça a humilhação do semelhante, ainda mais naquilo que ele trabalha. Devemos saber pontuar erros de forma adequada. O SBT está forçando em um patamar de exploração aos limites psicológicos do humano. Muito mais do que Justus e Doria fizeram, por exemplo, em “O Aprendiz”, exibido pela Rede Record há alguns anos.

@LucasCanosa

Escreva para Lucas Canosa: lucascanosa@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta