Coudet reclama do gramado; Se precisar preparar equipe para jogar assim, que se busque outro treinador

Foto: Reprodução

O tema gramado voltou a ser assunto nesta retomada de Gauchão e tirou de vez Eduardo Coudet do sério. Após o empate em 1 a 1 com o Esportivo, o técnico do Inter disparou contra a qualidade do campo da Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves.

Em tom de ironia, o treinador colorado chegou a dizer que, se for para seguir com partidas sem as melhores qualidades para a equipe desempenhar seu estilo, que se busque outro para o lugar.

– Se precisar preparar equipe para jogar assim, que se busque outro treinador, porque eu não sei… Não sei preparar para atirar a bola para cima. Gosto de jogar bem o futebol, ou tentar. Mas seguramente esperamos ter melhores condições. É mais fácil destruir que construir. O time que busca construir é bom ter um bom gramado – disse em entrevista coletiva.

Incomodado, o argentino interrompeu algumas perguntas da conferência virtual com os jornalistas para colocar seu ponto de vista. Questionado se o Inter deixou a desejar na Serra, lembrou a paralisação por causa da pandemia do coronavírus, o que causa dificuldades, e elogiou o empenho do grupo.

– (Foram) 130, 140 dias que os jogadores ficaram sem atividades. Uma análise futebolística neste campo, o de hoje, não é futebol. É muito difícil fazer uma análise futebolística, sem falar de gana, predisposição, de sempre buscar ganhar. É isso que fica. A atitude dos jogadores de sobrepõe – emendou Coudet.

Com o resultado, o Inter soma oito pontos e lidera o Grupo A. Na última rodada, o time enfrenta o Aimoré. A partida será disputada na quarta-feira, às 21h30, ainda sem local definido.

Deixe uma resposta