Corinthians veta Mano Menezes para substituir Tite

(foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

(foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

No dia em que anunciou a saída do técnico Tite para a Seleção Brasileira, o presidente Roberto de Andrade avisou que ainda não havia tido tempo para pensar em um substituto. Porém, um deles já tem o veto do presidente corintiano.

“O Mano Menezes não vem trabalhar comigo. Não gostaria. Não quero. Não tem o perfil de que gosto”, disse o mandatário.

O técnico que despontou como novidade em 2016 foi Fernando Diniz, ex-jogador do Corinthians que implantou uma filosofia ousada no Grêmio Osasco Audax e conquistou recentemente o vice-campeonato paulista.

“É um grande nome, não tenham dúvidas. Todo bom treinador interessa. Vamos avaliar. Eu não tenho medo. Se ninguém der oportunidade, quando um jovem será um grande treinador? Nunca”, argumentou Roberto de Andrade.

Há outras possíveis novidades no mercado. Como Eduardo Baptista, da Ponte Preta. O prata da casa Sylvinho, que trabalhou com Tite no clube do Parque São Jorge e agora é auxiliar de Roberto Mancini no Manchester City, da Inglaterra, também surge como uma alternativa.

De acordo com Roberto de Andrade, a escolha será tomada em conjunto com a sua cúpula diretiva, que pretende apontar para uma direção o mais rapidamente possível.