Corinthians diz que “não jogará mais à noite e aos domingos”; entenda

Foto: Divulgação

O Corinthians avisou que não quer jogar mais aos domingos e à noite. O motivo desta medida é por conta de duas decisão da Justiça que beneficiou o ex-zagueiro Paulo André contra o clube. Ele cobrou em ação na justiça remunerações referentes a adicional noturno, domingo e feriados.

O clube alvinegro foi condenado a pagar R$ 750 mil, que serão parcelados em 15 vezes.

“Requer-se que, a partir do retorno das competições que foram suspensas e daquelas que não foram iniciadas por conta da pandemia do Covid-19, não sejam mais marcados jogos do Sport Club Corinthians Paulista à noite ou aos domingos. Na hipótese de serem agendadas partidas à noite ou aos domingos, o Sport Club Corinthians Paulista se reserva no direito de eventualmente não participar dos referidos jogos”, diz um trecho do texto enviado à FPF, CBF e a TV Globo.

“Inúmeras são as decisões judiciais, confirmadas inclusive pelas instâncias superiores, condenando as entidades de prática desportivas empregadoras a pagar aos atletas profissionais de futebol adicionais por partidas realizadas à noite, assim como por suposta violação ao direito de repouso semanal remunerado, especialmente quando há jogos realizados aos sábados/domingos, seguidos por jogos no meio da semana e novamente no sábado/domingo seguinte”, explica outro trecho do comunicado.

Deixe uma resposta