Corinthians joga bem contra PSV e pode surpreender novamente

Foto: AFP

O Corinthians estreou na temporada 2018 diante do PSV-HOL em Orlando, nos EUA em jogo válido pela Flórida Cup. O time de Fábio Carille empatou por 1×1 e fez boa partida.

No primeiro tempo a equipe paulista jogou com o time considerado titular nesse inicio de temporada. Rodriguinho fez 1×0 após cobrança de falta de Jadson. A equipe poderia ter ampliado o placar, porém, errou muito na hora das conclusões.

Na segunda etapa o Timão voltou com outro time, mudando os onze jogadores e não foi bem. Perdeu força ofensiva e só se defendeu e tomou o gol faltando menos de 30 segundos para o fim da partida. Lammers marcou para a equipe holandesa após bate rebate na grande área corintiana. A disputa foi para os pênaltis e os brasileiros venceram por 5×4.

Gostei da equipe corintiana no primeiro tempo. Zaga segura, não tomou sustos do líder do Campeonato Holandês, e até poderia ter feito mais gols. Kazim que foi o substituto de Jô mostra vontade, disposição, enfim, mas tecnicamente é muito fraco. Ou seja, o time jogou em centroavante. Em relação à equipe que entrou na segunda etapa, destaques para o goleiro Caíque França que fez grandes defesas e até pegou pênalti, e para o atacante Júnior Dutra, que mesmo isolado no ataque, conseguiu fazer boas jogadas, incomodando a zaga holandesa.

 

O próximo compromisso do Timão na Flórida Cup será contra o Rangers da Escócia, no sábado às 16h (horário de Brasília).

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 (5) X (4) 1 PSV

Local: Orlando City Stadium, em Orlando (Estados Unidos)
Data: 10 de janeiro de 2018, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Jonathan Bilinski (Estados Unidos)
Assistentes: Matthew Miscannon e Miguel Martes (ambos dos Estados Unidos)
Cartões amarelos: Léo Príncipe e Guilherme Romão (Corinthians); Rosario (PSV)
Gols: CORINTHIANS: Rodriguinho, aos 22 minutos do primeiro tempo; PSV: Lammers, aos 48 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio (Caíque); Fagner (Léo Príncipe), Balbuena (Warian), Pedro Henrique (Léo Santos) e Juninho Capixaba (Guilherme Romão); Gabriel (Fellipe Bastos), Romero (Marquinhos Gabriel), Jadson (Camacho), Rodriguinho (Maycon) e Clayson (Giovanni Augusto); Kazim (Júnior Dutra)
Técnico: Fábio Carille

PSV: Zoet; Arias, Schwaab, Isimat-Mirin e Brenet; Hendrix (Mauro Júnior), Van Ginkel (Rosario) e Pereiro (Malen); Bergwijn (Maher), De Jong (Lammers) e Lozano (Gapko)
Técnico: Phillip Cocu