Corinthians inicia sequência de jogos na capital paulista

(Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

Com três viagens de avião e duas partidas fora de casa, o Corinthians poderá usar os próximos 20 dias sem sair da cidade de São Paulo. Até o dia 18 de julho, véspera da partida contra o Avaí, em Santa Catarina, o time não deixará a capital paulista para cumprir seus compromissos.

O Timão terá pela frente os jogos diante do Botafogo, no domingo, da Ponte Preta, no dia 8, e do Atlético-PR, no dia 15, todos na Arena Corinthians. Entre a Macaca e o Furacão, a equipe de Fábio Carille enfrentará o Palmeiras no Allianz Parque no dia 12 de julho.

Descansados, o volante Maycon, o meia Jadson e o centroavante Jô, por exemplo, são esperados em boa forma física para aguentar a maratona de jogos do segundo semestre.

“Eu torci muito para pegar um time do Brasil na Sul-Americana e não ter que viajar”, declarou o técnico Carille.

Romero, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio, está suspenso e deve dar lugar a Marquinhos Gabriel, que se tornou o primeiro nome para substituir qualquer um do trio formado pelo paraguaio, Rodriguinho e Jadson.

A única dúvida fica por conta da condição física do armador, que deixou o jogo na Colômbia reclamando de cansaço ainda antes da metade do segundo tempo. Caso ele não esteja bem, Clayson, que não pode atuar na Sul-Americana, seria o escolhido.

Deixe uma resposta