Copa Do Mundo: Holanda vence Chile e termina em primeiro lugar no Grupo B

depay-reu
(Foto: Reuters)

Já classificados, Chile e Holanda fizeram uma partida bastante equilibrada, decidida apenas no final. A Roja até teve maior controle da bola, dominou as ações na maior parte do jogo, mas os europeus foram mais objetivos. O gol de cabeça aos 31 minutos do segundo tempo abriu espaços e, no contra-ataque, a Laranja matou a partida nos acréscimos.

A força da seleção de Louis van Gaal, mostrada contra Espanha e Austrália, foi reforçada. Mesmo sem o artilheiro Van Persie, os holandeses mostraram que têm outros bons talentos e variações táticas. A Laranja abriu mão do 3-5-2, apostou num 4-4-2, com um losango no meio e “entregou” a bola aos rivais. A armadilha era clara: explorar os contra-ataques, sobretudo com Robben. Houve espaços no primeiro tempo, mas faltou pontaria.

Sem Vidal, que estava pendurado e foi poupado, o Chile manteve sua postura tática e a proposta de marcar no campo de ataque. Desta vez, porém, Aléxis Sanchez e Vargas, os homens de frente da Roja, não conseguiram produzir como o esperado. A tentativa de abafa no final do jogo, a fim de ter um chaveamento mais fácil no mata-mata, acabou expondo o time, que sofreu dois gols nos 15 minutos finais.

Mesmo com a derrota, os sul-americanos deram mostras de que podem complicar a vida de seus rivais na próxima fase – inclusive do Brasil, de quem é considerado freguês histórico e foi eliminado nas oitavas da Copa da África, em 2010. Já os holandeses despontam como favoritos novamente e sonham não só em chegar a mais uma final, mas finalmente conquistar o seu primeiro Mundial.

Deixe uma resposta