Conmebol é contra mudanças da FIFA

Foto: Divulgação

A Fifa decidiu aumentar o número de substituições de três para cinco jogadores durante as partidas por causa do coronavírus e visando preservar a saúde dos atletas.

Entretanto, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, que publicou, em sua rede social, um comunicado discordando da medida.

– Estamos surpresos com esta medida, que não foi consultada com nossa Confederação. O Conmebol convocará um painel de especialistas para analisá-la e apresentar suas conclusões ao Conselho, que decidirá sobre a conveniência de adotá-lo em torneios sul-americanos – afirmou.

Deixe uma resposta