Condenado, brasileiro é fuzilado na Indonésia

Marco Archer dentro da cadeia na Indonésia (Foto: Rogério Paez / Arquivo pessoal)
Marco Archer dentro da cadeia na Indonésia (Foto: Rogério Paez / Arquivo pessoal)

Na tarde deste sábado (17), Marco Archer Carodoso Moreira, de 53 anos, foi executado na Indonésia. O brasileiro foi condenado à pena de morte por fuzilamento, pelo envolvimento com o tráfico de drogas.

Em 2004, ao tentar entrar no país com 13 quilos de cocaína escondidos em tubos de asa delta – Marco era instrutor de voo livre. Os entorpecentes foram descobertos pelo raio-x no Aeroporto Internacional de Jacarta. Ele conseguiu fugir do local, mas duas semanas depois acabou detido outra vez.

Além do brasileiro, foram executados na ilha de Nusakambangan, Ang Kiem Soe, um cidadão holandês; Namaona Denis, um residente do Malawi; Daniel Enemuo, nigeriano, e uma cidadã indonésia, Rani Andriani. Outra vietnamita, Tran Thi Bich Hanh, foi executada em Boyolali, na Ilha de Java.

Deixe uma resposta