Comunismo avança no Brasil

Foto: Reprodução da Internet

Foto: Reprodução da Internet

Mais um ato dos saudosistas do comunismo que cada dia avançam mais contra a classe média que não tem a defesa sequer do Exército que é o mais agredido.
Tempos atrás na Bahia, sob comando do comunista e petista Jaques Wagner trocaram o nome de uma escola estadual de Presidente Médici, um dos maiores presidentes que esta país já teve e colocaram o nome do guerrilheiro terrorista Carlos Mariguela.

E nem o Exército protestou.
Agora o prefeito da cidade Haddad está trocando o nome do Elevado Costa e Silva pelo nome do presidente sindicalista comunista João Goulart.
E nada de contestação do Exército.
Parece que os atuais comandantes das Forças Armadas desconhecem a história do Brasil.