Com direito a pulo de torre, Cirque du Soleil, abre os Jogos Pan-Americano de Toronto no Canadá

622_8f6bc6e5-ae87-3a18-a19c-3c3837bb0a75
(Foto:Reprodução)

A 17ª edição dos Jogos Pan-Americanos foi aberta oficialmente nesta sexta-feira à noite, no estádio Rogers Centre, em Toronto, com um espetáculo de luzes, cores, fogo e tecnologia do Cirque du Soleil.

Logo no início, a tocha pan-americana chegou vinda do ceú. Em um vídeo pré-gravado que foi exibido nos telões, Donovan Bailey, campeão olímpico dos 100m rasos em 1996, pulou de base jumping (pára-quedas para baixas atitudes) da CN Tower, uma torre de 553 metros de altura que é ponto turístico da cidade..

622_5edca029-3d51-3f5f-91f0-1052f7bf8ea3
(Foto:Reprodução)

Depois de o hino nacional canadense ser executado pela Orquestra Sinfônica de Toronto, o desfile das delegações dos 41 países começou, em ordem alfabética, pela Argentina. Oitavo país a entrar no “palco”, o Brasil foi ovacionado pelo público presente.

Com o nadador Thiago Pereira, dono de 18 medalhas pan-americanas (sendo 12 de ouro), como porta-bandeira, os brasileiros demonstaram a habitual empolgação na abertura. 

A cerimônia de abertura foi finalizada com a tocha pan-americana se revezou nas mãos de Charmaine Crooks, Jillian Richardson, Molly Killingbeck e Marita Payne, medalhista de bronze nos 4x400m na Olimpíada de 1984, e do jogador de basquete Andrew Wiggins, do Minnesota Timberwolves.

 

Deixe uma resposta