Lula é pressionado a forçar candidatura de Haddad à Prefeitura de São Paulo

(Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

A candidatura de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo voltou a ser assunto dentro do PT.

O ex-presidente Lula está sendo pressionado a fazer o ex-prefeito reconsiderar a ideia de disputar novamente o cargo.

O motivo é a de que a candidatura de Tatto transformará o PT de São Paulo numa versão da sigla no Rio de Janeiro: uma linha auxiliar eleitoral do PSOL.

Sondagens internas, não só do partido mas também de seus concorrentes, indicam que hoje Tatto teria algo como 3% das intenções de voto, empatado, por exemplo com a pré-candidata Joice Hasselmann (PSL), que por sua vez, segundo avaliação petista, tem condições para crescer quando começar a campanha.

Guilherme Boulos (PSOL), que disputou a Presidência em 2018, surge com 11% de intenções de voto e com isso seria o principal nome da esquerda nas eleições na capital paulista, o que o PT quer evitar.

Deixe uma resposta