Chavez vê jogo contra Coritiba como “decisão”

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Após a derrota para o Juventude pela Copa do Brasil por 2×1 no Morumbi, está tirando o sono do atacante Andres Chavez. O argentino revelou que passou por uma noite mal dormida na última quarta-feira e pediu união ao elenco.

“É um momento duro. Estou aqui há pouco tempo e desde o primeiro dia busco vitórias e gols. Marco meus gols, mas não estou nada contente. Mal dormi ontem e sei que todos estão mal, o elenco, a comissão técnica e a diretoria. Mas acredito que juntos e com muito trabalho vamos sair dessa”, confia o camisa 9.

Chavez foi questionado principalmente sobre a origem da crise tricolor. O atleta rejeita a hipótese de existir atritos entre os jogadores.

“Todo time tem altos e baixos. A situação está difícil e precisa de todos juntos para ganhar em casa, ser um mandante forte. Isso dará um impulso para sairmos dessa situação rapidamente”, explicou o atacante.

O São Paulo enfrenta o Coritiba, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Morumbi, pelo Brasileirão, torneio em que o clube ocupa o modesto 11º lugar, com 27 pontos, apenas quatro a mais que o Vitória, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento. Partida classificada como “decisão” para Andres Chavez.

“A torcida espera muito mais, mas nós estamos trabalhando no dia a dia para melhorar. Os resultados não têm saído, mas é preciso trabalhar mais. Domingo é uma decisão e não podemos mais entregar pontos em casa. A torcida precisa saber que estamos nos entregando e precisando que eles nos apoiem”, concluiu.

Pela Copa do Brasil, o Tricolor só voltará a campo no dia 21 de setembro para tentar reverter a desvantagem diante do Juventude, em Caxias do Sul. A equipe paulista precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar às quartas de final.