Celso Portiolli fala sobre ”Sabadão”, seu novo programa no SBT

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O apresentador Celso Portiolli, do SBT, falou em entrevista à rádio Jovem Pan, sobre seu novo programa, o “Sabadão”.

“Quando tiveram que diminuir  o “Domingo Legal”, pra mim foi difícil, porque a Record estava muito forte no horário e e eu estava batalhando pela vice-liderança. O “Domingo Legal” estava muito bem, e quando teve a diminuição do programa o Silvio Santos me ofereceu duas horas no sábado. Não só o sábado, mas a quarta e a sexta-feira, mas preferi o sábado”, disse o comunicador.

Portiolli tinha o desejo de mudar o nome do programa, para não ser comparado com o que o Gugu apresentava na emissora de Silvio Santos.

“O “Sabadão” começou um pouco errado. Começou com um nome que já existia na casa, não era o nome que eu queria. Eu queria “Sábado Legal”. Eu queria pelo lado comercial, o “Domingo Legal” sempre foi o maior faturamento do SBT na linha de shows. Ficaria fácil para vender merchandising. “Sabadão” foi um programa musical. E era um nome do programa do Gugu. Na minha ideia, musical não é o que vai funcionar no programa. Se eu quero fidelizar um público começando às 22h30, colocando pagode neste sábado e funk na semana que vem, não vai fidelizar. Em três meses o programa vai estar bom, é o quinto programa ainda. O Silvio me deixou muito tranquilo de fazer o programa do jeito que eu queria”, disse.

O “Sabadão” com Celso Portiolli vai ao ar às 22h30m (horário de Brasília).

Deixe uma resposta