CBF confirma e Luiz Felipe Scolari não é mais o técnico da Seleção Brasileira

felipao_scolari_reu
(Foto: Agência Reuters)

A CBF confirmou no início da noite desta segunda-feira que o técnico Luiz Felipe Scolari não é mais o técnico da seleção brasileira. A entidade confirmou que aceitou o pedido de demissão do treinador e de toda a comissão técnica que comandou o Brasil na Copa do Mundo, feito após a derrota para a Holanda, no último sábado, em Brasília. 

O pedido de demissão foi aceito pelo presidente Marin, que fez questão de agradecer a todos os integrantes da comissão e aos jogadores e também, por extensão, aos torcedores brasileiros pelo resgate da autoestima e pela demonstração de amor à Seleção Brasileira durante toda a campanha da Copa do Mundo.

– O Scolari e toda a sua comissão técnica merecem o nosso respeito e agradecimento. Eles foram responsáveis por devolver ao povo brasileiro o seu amor pela Seleção, mesmo não tendo conseguido o nosso objetivo maior – disse Marin, ao site da CBF.

Em nota emitida pela CBF, o presidente José Maria Marin e o vice-presidente Marco Polo Del Nero afirmam que, graças ao trabalho do treinador, da comissão técnica e dos jogadores, os brasileiros voltaram a ter orgulho da seleção brasileira.

– Vimos nas ruas o povo vestido de verde-amarelo, exibindo a bandeira nacional com orgulho e mostrando sua paixão pela seleção brasileira como há muito tempo não acontecia. Claro que essa comissão técnica e esses jogadores contribuíram decisivamente para que esse sentimento voltasse. A todos eles, portanto, o nosso renovado agradecimento.

Na próxima quinta-feira, José Maria Marin vai conceder entrevista coletiva na sede da CBF. Já com um novo comandante, uma vez que Scolari não permanecerá na CBF, a Seleção volta a campo para amistosos em setembro, nos Estados Unidos. No dia 5, enfrenta a Colômbia, em Miami. Quatro dias depois, o adversário será o Equador, em Nova Jersey.

Deixe uma resposta