CBAt confirma São Paulo como sede do GP Brasil em dezembro

©Wagner Carmo/CBAt

Nesta sexta-feira (6), a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) confirmou a realização do Grande Prêmio Brasil no dia 6 de dezembro. O torneio será disputado na remodelada pista do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), em São Paulo. O evento, que terá provas entre as 13h30 e as 17h, faz parte do calendário oficial da World Athletics Continental Tour Silver.

A reabertura da janela para obtenção dos índices para os Jogos Olímpicos de Tóquio no dia 1º de dezembro aumenta ainda mais a importância do evento. O GP marca uma semana com as duas principais provas do calendário do atletismo brasileiro. Logo na sequência, de 10 a 13 de dezembro, será realizado o Troféu Brasil, também na capital paulista.

Para o GP Brasil, além dos atletas estrangeiros, serão convidados os brasileiros que estiverem entre os cinco primeiros colocados do ranking nacional combinado (no período de 1/8/2019 e 1/11/2020). O programa masculino do Grande Prêmio é composto pelas provas de 100m, 400m, 110m; 400m com barreiras e 3.000m com obstáculos. Além destas, haverá provas de salto em distância, salto triplo, arremesso do peso, salto com vara e salto em altura.

As mulheres disputarão provas de 100m, 400m 100m com barreiras, 400m com barreiras e 3.000m com obstáculos; de salto em distância, salto triplo, arremesso de peso, lançamento de disco e lançamento de dardo.

Serão realizadas duas provas não integrantes do Continental Tour: 800m masculino, exclusivamente para brasileiros (os dez primeiros do ranking combinado de 1/8/2019 a 1/11/2020) e o revezamento 4×400 m masculino para atletas da América do Sul.

Instituído em 1985, o Grande Prêmio Brasil de Atletismo passou a fazer parte do Circuito Mundial da IAAF (antiga World Athletics) em 1990. As 11 primeiras edições do torneio, até 1995, foram realizadas no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo. O GP teve nove edições no Rio de Janeiro (no Célio de Barros, no Maracanã, e no Engenhão, em 2002). Foi disputado por 10 anos no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém. E teve as duas edições mais recentes sendo disputadas respectivamente em São Bernardo do Campo e Bragança Paulista.

Pelas restrições impostas pela pandemia do novo coronavíus, causador da covid-19, todos os atletas cumprirão um rígido protocolo sanitário. A presença do público ainda não estará liberada, mas todas as provas serão transmitidas ao vivo pelo Canal Atletismo da TVNSports.

Agência Brasil

Deixe uma resposta