Carlos Alberto de Nóbrega comemora 60 anos de carreira e confessa ter medo da morte

Canarinho e Carlos Alberto de Nóbrega / Divulgação SBT

Canarinho e Carlos Alberto de Nóbrega / Divulgação SBT

Na manhã desta segunda, 28 de abril, Carlos Alberto de Nóbrega foi homenageado no auditório do SBT por seus 60 anos de carreira, sendo 27 deles na emissora. O apresentador foi prestigiado pelo diretor de planejamento artístico, Fernando Pelegio, pelo vice-presidente José Roberto Maciel e o jornalista César Filho.

Carlos Alberto relembrou o início de sua trajetória, afirmando que nunca pensou que teria chances na televisão por ser gago e falou sobre o pai, Manoel da Nóbrega. “Tive uma educação muito rígida e agradeço ao meu pai por isso. Ele nunca me deu o peixe, sempre me ensinou a pescar”. O comandante do “A Praça é Nossa” deu ainda uma aula sobre televisão, falou sobre o desafio de fazer humor há tantos anos, comentou sobre sua amizade com Silvio Santos e falou ainda sobre o drama que viveu recentemente, quando precisou colocar um cateter: “Tenho dois filhos pequenos e senti medo de morrer. Vendo tantos amigos morrendo, como Castrinho e Wilker, fico pensando que eu sou a bola da vez.”, brincou.

O homenageado se emocionou ao assistir um vídeo, narrado por César Filho, que mostrou os melhores momentos de sua carreira e falou com carinho de colegas como Golias, Renato Aragão, Mussum, Hebe Camargo, Jô Soares, além de seus atuais companheiros de cena. A partir desta quinta-feira, Carlos vai receber em seu banco pessoas que marcaram sua história, como Ratinho, Celso Portiolli, Eliana, Tom Cavalcante, entre outros.