Caricaturista Lan morre aos 95 anos

O caricaturista Lan, de 95 anos, morreu na noite de ontem (4) no Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. Ele estava  internado desde o dia 26 de setembro de 2020. O hospital não informou a causa da morte.

Nascido na Itália e radicado no Rio de Janeiro, Lanfranco Aldo Ricardo Rossini, ou simplesmente Lan, é um dos artistas que ajudaram a criar a iconografia que representa o Brasil em todo o mundo. Nascido em 1925, ainda criança foi morar no Uruguai, onde desenvolveu um estilo único de desenhar.

Apaixonado pelo Brasil, em 1952 Lan foi convidado pelo jornalista Samuel Wainer para trabalhar no jornal Última Hora. Antes passou pela redação de jornais como Mundo uruguaio e El País, onde trabalhou como caricaturista. Amigo dos criadores da Bossa Nova, Lan fez caricatura memoráveis de artistas como Tom Jobim, Milton Nascimento e Chico Buarque. Uma das marcas de seus trabalhos são as curvas sinuosas utilizadas para retratar as mulheres brasileiras.

Agência Brasil

Deixe uma resposta