Cantor Belo é solto após prisão por fazer show clandestino no RJ

Foto: Cristina Boeckel / G1

O cantor Belo, deixou a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte do Rio, às 11h20 desta quinta-feira (18). O desembargador Milton Fernandes de Souza aceitou o pedido de habeas corpus da defesa e mandou expedir um alvará de soltura no início da madrugada.

O artista deixou a cadeia aos gritos de “eu te amo” de fãs que estiveram no local.

Belo foi preso pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) na quarta-feira (17). Ele teve a prisão preventiva decretada pela realização de um show na Favela Parque União, no Complexo da Maré, no sábado (13), apesar das proibições devido à pandemia de Covid-19.

A polícia ainda apura a invasão ao colégio público onde foi realizada a apresentação sem a autorização da Secretaria estadual de Educação. Segundo investigadores, as salas de aula do Ciep 326 – Professor César Pernetta foram utilizadas como camarotes.

O show que levou à prisão de Belo foi fechado por R$ 65 mil.

A operação foi batizada de “É o que eu mereço” em referência a uma das músicas do cantor. Belo alegou que, em qualquer apresentação sua, não sabe antecipadamente onde serão os shows. Em relação à apresentação do último sábado, o cantor afirmou que entrou no carro na porta da sua casa e já desceu no local do show, no Ciep.

Deixe uma resposta