Campanha usa sorrisos para promover conhecimento sobre doença rara

Talvez você não saiba disso, mas existe uma maneira de sorrir que a ciência considera como a mais honesta e genuína, e leva o nome de “Sorriso Duchenne”, mesmo nome da campanha que ganha hoje as redes sociais e propõe que as pessoas postem seus sorrisos mais sinceros para espalhar a importância do diagnóstico precoce da distrofia muscular de Duchenne (DMD). A campanha faz parte das ações do mês de conscientização sobre DMD, cujo dia é marcado pela data de 7 de setembro.

Ligada ao cromossomo X (atinge principalmente os meninos), a DMD é causada pela ausência de uma proteína essencial para o músculo: a distrofina. Sem essa proteína, o músculo sofre degeneração progressiva. A doença é de origem genética e pode ou não ser herdada [1].

Um grande desafio para essa doença rara é o diagnóstico precoce. Este sendo realizado, é possível que o tratamento e acompanhamento por meio de uma equipe multidisciplinar proporcione o retardo na progressão da doença e consequentemente maior qualidade de vida aos pacientes. Sinais de fraqueza de membros inferiores, sexo masculino, aumento de CK (creatina quinase) e transaminases são sinais de alerta para DMD [2].

Foi o cientista francês Guillaume Duchenne quem, em 1868, descreveu a distrofia muscular de Duchenne. Isto fez com que a doença, em sua homenagem, levasse o seu nome. O mesmo pesquisador também identificou os músculos da face que, quando acionados, fazem com que as pessoas sorriam.

Ele concluiu que, ao contrair e esticar os lábios para sorrir, o músculo zigomático maior traciona o canto da boca em direção às orelhas, fazendo com que a boca tome o formato de “U” – isso acontece com a maioria das pessoas. Além disso, o movimento de um conjunto de músculos que estão perto dos olhos (orbicularis oris) causa o surgimento de rugas dinâmicas e estáticas – “pés de galinha”. Esse “sorriso” causado pelos estímulos acabou recebendo o nome de “sorriso Duchenne”, sendo considerado o mais sincero e genuíno, afinal, segue um padrão de contrações musculares quase involuntárias [3].

Campanha

Partindo dessa feliz coincidência de nomenclatura, Distrofia Muscular de Duchenne e Sorriso Duchenne, a proposta da campanha é fazer com que as pessoas tomem as redes sociais com sorrisos usando a hashtag #sorrisoduchenne. Todos em prol da conscientização desta importante e rara doença.

Para ajudar na disseminação dessa ideia, algumas pessoas que sempre estiveram envolvidas na causa das doenças raras estão participando como os senadores Romário e Mara Gabrilli, a apresentadora Eliana e outros influenciadores digitais que decidiram abraçar a campanha.

Mas todos podem participar. Qualquer pessoa que tenha uma conta em qualquer rede social pode postar seu sorriso com a hashtag #sorrisoduchenne promovendo dessa forma o conhecimento sobre a doença e a necessidade de os pacientes terem seus diagnósticos com rapidez.

Deixe uma resposta