Bruno Henrique nega pressão por titularidade no Santos

(Foto: Vitor Anjos)

Na tarde de segunda-feira, no CT Rei Pelé, o Santos apresentou seu sexto e último reforço para o ano. O atacante Bruno Henrique, que veio do Wolfsburg, da Alemanha, chega com a pressão de ser a contratação mais cara do alvinegro na gestão de Modesto Roma Júnior. O jogador, que custou R$ 13,5 milhões ao clube, negou que chega para ser titular imediato da equipe comandada por Dorival Júnior.

“Vim para ajudar. Todos que estão aqui tem condições de jogar. Não quero tomar a vaga de ninguém. Vai existir uma concorrência sadia, pois sabemos da qualidade de todos os jogadores do Santos. O ano é longo, são várias competições. Todos precisarão estar aptos para quando Dorival quiser. A briga vai ser sadia. Se o Modesto pagou isso por mim, é porque acredita no meu futebol. Ele optou por fazer isso e optou certo”, explicou o novo reforço do Peixe.

Apesar da forte concorrência, Bruno Henrique se disse em casa no Santos e aproveitou para agradecer a insistência do clube. Em 2015, o técnico Dorival Júnior já havia tentado sua contratação. O atacante, porém, acabou acertando com o Wolfsburg.

“Quando eu jogava pelo Goiás o Santos tentou me trazer e não deu certo, pois fui para a Europa. E o que me motivou mais foi o clube ter falado meu nome novamente neste ano. Isso fez eu vir pra cá. Quero agradecer ao Santos pela oportunidade. É um clube que todos conhecem. Espero ajudar em 2017”, concluiu o atacante.

Deixe uma resposta