Bruno Alves analisa sua evolução na equipe do São Paulo

Foto: Divulgação

Bruno Alves conseguiu se torar peça fundamental da zaga do São Paulo, ao lado de Arboleda. Contratado em 2017, o zagueiro precisou de paciência para atingir a condição em que se encontra hoje.

– Quando cheguei, nunca escondi de ninguém que era um sonho viver o dia a dia do São Paulo, então esperei com paciência. O primeiro contrato foi de três anos, então falei: “Tenho três anos para jogar aqui no São Paulo”. Não deixei a ansiedade tomar conta. Cheguei em 2017, no período mais difícil do clube. Eu tinha que amadurecer na hora. Eu peguei grandes exemplos como o Lugano, que ainda estava no elenco, o Hernanes. – falou Bruno Alves à TV oficial do clube.

Em seus seis primeiros meses de São Paulo, Bruno Alves disputou apenas quatro partidas.

Em 2018, porém, começou a reviravolta. Ele terminou aquele ano com 41 jogos disputados e dois gols marcados.

Deixe uma resposta