Brasil derrota o Irã, rival do Mundial, e fica em segundo

cbb
(Foto: Reprodução/Twitter)

Em prévia do duelo que vai acontecer no próximo dia 31 de agosto, pela primeira fase do Mundial da Espanha, o Brasil não encontrou dificuldades e confirmou seu favoritismo diante da seleção do Irã, na sua última apresentação na Arena Stozice, em Ljubljana, pelo Torneio Internacional da Eslovênia. A vitória por 92 a 52 (48 a 24) teve como ponto alto o bom aproveitamento na linha dos lances livres. Dos 20 tentados, 26 foram convertidos (77%), destaque para Tiago Splitter com 100% nos seus cinco lançamentos. Os laterais também foram bem nos arremessos de fora e anotaram 48% (10/21). Destaque para Marquinhos, cestinha da partida com 24 pontos, sendo 18 em tiros de longe. Mais uma vez Splitter mostrou sua boa fase ao anotar 13 pontos e pegar oito rebotes. Depois da boa performance na prorrogação contra a Eslovênia, Marcelinho Machado, com 12 pontos, voltou a se destacar. No jogo de fundo, os donos da casa bateram a Lituânia por 74 a 72, ficando com o título.

– Fico feliz por ter jogado bem. As bolas tinham que começar a cair e, justamente, hoje fiz uma boa partida. Ajudei a equipe a conseguir um bom resultado e isso é o mais importante. O time já mostra que está mais solto. Ainda temos mais uma semana para acertar os últimos detalhes e fazer uma boa estreia contra a França – declarou Marquinhos ao site da CBB.

O técnico Rubén Magnano usou o jogo para dar rodagem aos seus jogadores, com exceção de Leandrinho, que não atuou novamente por conta de uma inflamação na garganta. Em compensação, Guilherme Giovannoni, lutando contra uma lesão no tornozelo, esteve em quadra. 

– A equipe realizou um bom trabalho, respeitou o adversário e jogou com muita seriedade. Fez um jogo 100% focado na preparação. O Irã é um adversário que teremos na primeira fase de grupo em Granada e por isso gostei muito do nosso desempenho. Aos poucos, conforme o planejado, a equipe vai se soltando até a estreia contra a França. Ainda temos um jogo amistoso em Granada para fazer novos testes – disse Magnano.

Esse foi o penúltimo amistoso antes da estreia na Copa do Mundo da Espanha no próximo sábado, dia 30 de agosto, contra a França, campeã europeia. Antes disso, já em Granada, o último teste diante da seleção do México.

Deixe uma resposta