Brasil derrota o Irã e conquista o Grand Prix de Futsal pela nona vez

rla_6239
(Foto:Reprodução)

Falcão entrou em quadra empolgado para o aquecimento. Era a sua décima final de Grand Prix e a oportunidade de conquistar o torneio pela nona vez, a terceira diante da forte seleção do Irã, vice-campeã em 2007 e 2009. Ao começar a se aquecer com bola, porém, o craque voltou a sentir o incômodo na coxa que o tirou de boa parte da competição em Uberaba, Minas Gerais.

O camisa 12 foi para alongamento. Os trabalhos específicos feitos com o fisioterapeuta da seleção não cessaram completamente as dores. No entanto, o desconforto muscular não foi capaz de parar Falcão.

Mesmo lesionado, o camisa 12 participou ativamente da partida e deixou o seu na vitória brasileira por 4 a 3 – Diego, Rodrigo e Ahmad (contra) fizeram os demais gols brasileiros, com Ghodrat, Mahdi e Tayebi descontando para os asiáticos. O Brasil é eneacampeão do Grand Prix de Futsal, competição realizada anualmente desde 2005. Falcão esteve presente em todas as conquistas.

Deixe uma resposta