Brasil dá show, é ouro no 4x50m medley e bate recorde mundial

reveza_2_1
(Foto: Satiro Sodré/SSPRESS)

O campeão olímpico Cesar Cielo havia falado que o revezamento 4x50m medley do Brasil era um “Dream Team”. E a prova veio na tarde desta quinta-feira, em que Guilherme Guido (costas), Felipe França (peito), Nicholas Santos (borboleta) e Cesar Cielo (livre) garantiram a medalha de ouro no Campeonato Mundial em piscina curta, que está sendo realizado em Doha, no Catar. De quebra, o time bateu o recorde mundial com 1m30s51, melhorando a marca feita pelos russos nas eliminatórias (1m32s78). O Brasil ainda conquistou mais dois ouros nesta quinta: um com Felipe França nos 100m peito e outro com o revezamento misto do 4x50m medley, formado por Etiene Medeiros, Felipe França, Nicholas Santos e Larissa Oliveira.

– O mais bacana foi que estávamos brincando antes que esse era o revezamento paulista do Chico Piscina. Nós nos conhecemos há muito tempo. Foi muito legal nadar com eles. Pegar essa medalha vai deixar essa geração para a história com esse recorde. Se fosse para apontar algo diferencial para o nosso revezamento foi a parcial do Felipe França, foi algo anormal. Ele é um monstro – disse Cesar Cielo.

– Foi muito bacana nadar esse revezamento. Nós nos conhecemos desde os sete anos. Chegar a esse nível e bater recorde é muito gratificante – completou Guilherme Guido.

 

Deixe uma resposta