Bolsonaro lamenta invasão na TV Globo

Foto: Divulgação

Bolsonaro publicou, na noite desta quarta-feira, várias mensagens em solidariedade às jornalistas Marina Araújo e Renata Vasconcellos, da TV Globo, envolvidas em um incidente na sede da emissora no Rio de Janeiro.

No texto, o Bolsonaro repudiou o ataque sofrido pelas profissionais e classificou o ato como um “atentado covarde e inaceitável”.

– Repudio completamente qualquer ato de violência contra profissionais da imprensa, o que vai na contramão de nossa defesa histórica e irrestrita da liberdade de expressão e de informação, seja a favor ou contra qualquer governo.

– Presto solidariedade às jornalistas Marina Araújo e Renata Vasconcellos, que foram alvos desse atentado covarde e inaceitável.

– Que o caso seja apurado brevemente e o autor punido com o rigor da lei!”

O pronunciamento de Jair Bolsonaro foi feito horas após a sede da TV Globo ser invadida, na Zona Sul do Rio de Janeiro e a repórter Marina Araújo ter sido feita refém.

O pronunciamento de Bolsonaro foi feito horas após a sede da TV Globo ser invadida, na Zona Sul do Rio, e a repórter Marina Araújo ter sido feita refém. O homem, que ameaçava a jornalista, exigia falar com Renata Vasconcellos. A situação foi controlada pela Polícia Militar, e, o invasor foi preso. Ninguém ficou ferido.

Deixe uma resposta