Bolsonaro discute antecipação da entrega de vacina da Pfizer ao Brasil

Foto: Marcelo Camargo

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, se reuniu, na manhã desta segunda-feira (8), com o presidente mundial da empresa farmacêutica Pfizer, Albert Bourla, por videoconferência, para discutir a possibilidade de antecipar doses da vacina ao Brasil. Após o encontro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a empresa deverá antecipar o envio de 5 milhões de doses, somando a entrega de 14 milhões até junho. Além disso, há a possibilidade de antecipar o lote previsto para o último trimestre do ano.

“Basicamente, aumentar os lotes a curto prazo e também a antecipação do que seria do último trimestre do ano, passar para o terceiro trimestre uma boa parte dessas vacinas de forma que nesses dois próximos trimestres a gente possa ter obtido a vacinação em massa que nós queremos”, explicou Paulo Guedes.

Vacinação

De acordo com o Ministério da Saúde, para março, a previsão é de que sejam distribuídas 30 milhões de doses provenientes de acordos com o Instituto Butantan, AstraZeneca/Oxford (Fiocruz) e consórcio Covax Facility.

Além disso, o Governo Federal está em negociação por 10 milhões de doses com a União Química (vacina Sputnik V/Instituto Gamaleya/RUS), 38 milhões com a Jonhson & Jonhson (vacina Janssen/BEL) e 13 milhões com a Moderna (EUA).

Deixe uma resposta